Blog da Lubrificação Industrial

Menu

A composição típica de óleo cru

A tabela seguinte informa sobre a composição típica do óleo cru.  Reconhecemos que esta informação carece de maior importância na lubrificação diária, mas adiciona um pouco ao conhecimento geral do técnico em lubrificação. Afinal, é bom conhecer um pouco mais sobre aquele líquido que é a base de quase todos os lubrificantes que utilizamos no dia a dia. A composição exata do óleo cru depende de sua origem (campos de petróleo).

 

Componentes %, massa
Carbono

Hidrogênio

Enxofre

Outros elementos (Al, Ca, Cu, Fe, O, N, Na, Ni, P, V)

80 a 85

10 a 17

até 7

até 1

Dessa combinação de carbono e hidrogênio resulta o termo genérico de hidrocarboneto aplicado aos derivados do petróleo cru.

Nota-se a elevada presença de enxofre no óleo cru. Por isso, uma operação importante na refinaria é a remoção do enxofre (ou a sua redução a níveis aceitáveis), presente em combustíveis, principalmente no óleo Diesel utilizado em motores de alta rotação (automotivos) ou no óleo combustível pesado, utilizado em motores de baixa rotação (marítimos).

Basta dizer que cada motor a  Diesel é uma pequena fábrica de ácido sulfúrico. O enxofre do combustível combina-se com a água produzida durante o processo de combustão para formar ácido sulfúrico. No motor o ácido sulfúrico é responsável pelo desgaste corrosivo (usualmente maior do que o desgaste abrasivo) e requer, para a sua neutralização, a incorporação de aditivos alcalinos. Quando expelido para a atmosfera, é fonte importante na poluição ambiental. Portanto, quanto menor a quantidade presente de enxofre no óleo combustível, menor será o desgaste corrosivo de motores de combustão interna e a sua contribuição para a poluição ambiental. O nível de aditivo alcalino presente no óleo de motor é expresso em TBN (Total Base Number – Índice de Alcalinidade Total).

Em óleos lubrificantes, tais como óleo de motor, óleo hidráulico, de engrenagens, lubrificação geral, o teor de enxofre não faz parte de especificações.

 

Categories:   Oleo

Comments